ABPA participa de grupo para formar entidade mundial da suinocultura

19/10/2018

Presidente Turra e diretor Santin participaram de reunião com representantes da Interporc, na Espanha, país que lidera processo

São Paulo, 19 de outubro de 2018 – Brasil e Espanha avançam para a construção de uma entidade mundial de suinocultura. O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, e o diretor-executivo Ricardo Santin estiveram em Madri para reunião com representantes da Interporc, entidade que reúne toda a cadeia produtiva espanhola do segmento.

A proposta é unificar os grandes produtores mundiais de carne suína em uma agenda conjunta em temas técnicos e assuntos que não envolvam questões comerciais. A estratégia conjunta avançou ainda mais em reunião na quinta-feira (18/10) entre brasileiros e espanhóis, que estão liderando o processo. O modelo idealizado é semelhante ao adotado pelo IPC (sigla em inglês para Conselho Mundial da Avicultura), com foco em assuntos técnicos.

No encontro realizado em Madri, foi definido que o Brasil convidará países da América Latina para fazerem parte da futura entidade. A Espanha ficará encarregada da União Europeia e do Canadá.

– É um dia de grande importância para a suinocultura do Brasil. Com unificação de cadeias produtivas, vamos ter agregação de valor à produção brasileira, reconhecida mundialmente pela sua qualidade e sanidade  – disse Turra após reunião com Manoel Garcia Lorenzo, presidente da Interporc.

A conclusão do processo de construção da entidade está programada para ocorrer durante o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), em São Paulo, em agosto do próximo ano.

ABPA promove curso sobre Uso Sustentável da Água

Leia Mais

ABPA prorroga prazo para submissão de trabalhos no Mérito de Pesquisa Aplicável

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox