ABPA: Sobre COVID-19 POSICIONAMENTO SETORIAL

17/03/2020

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que os setores de aves, ovos e suínos do Brasil estão empenhados na manutenção do fluxo de oferta de alimentos para a população brasileira, em meio à crise do Covid-19.
Para as empresas associadas, a saúde das equipes e a oferta de alimentos para a população são prioridades indiscutíveis.
Por este motivo, há duas semanas a ABPA já havia implantado comitês internos para a mitigação dos impactos desta crise no sistema produtivo. Dentre as medidas setoriais adotadas, as empresas intensificaram as orientações sanitárias em toda a sua estrutura. Visitas em unidades estão suspensas, salvo casos absolutamente necessários.
ABPA também tem apoiado o Ministério da Agricultura nos esforços para a manutenção na produção, assim como no fluxo regular de ração para os animais nas unidades produtoras.
Ao mesmo tempo, a associação solicitou aos governadores dos estados onde há produção que sejam mantidas as vias de escoamento e entrada de alimentos e insumos, em caso de implantação de restrição de trânsito de pessoas.
Com o quadro de desabastecimento observado em outras nações, a prioridade da avicultura e da suinocultura do país está na preservação da produção de alimentos básicos como carne de frango, carne suína e ovos, que são estratégicos para a segurança e o bem-estar da população do País.

Ricardo Santin é o novo Presidente da Câmara Setorial de Aves e Suínos do MAPA

Leia Mais

Webinar gratuita

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox