Exportações de material genético e ovos férteis somam US$ 147,7 milhões em 2021

20/01/2022

A receita das exportações de material genético e ovos férteis do Brasil cresceram 26,7% em 2021, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Ao todo, foram efetuadas vendas que geraram receitas totais de US$ 147,7 milhões no ano passado, contra US$ 116,5 milhões em 2020.

Em ovos férteis, os embarques totais do ano chegaram a 14,518 toneladas, volume 60,9% maior que o efetivado em 2020, com 9.024 toneladas. Em receita, o acréscimo foi de 53,3%, com US$ 59,319 milhões em 2021, contra US$ 38,691 milhões no ano anterior.

De materiais genéticos, foram exportados, ao todo, 1.173 toneladas, número 4,6% menor em relação ao mesmo período de 2020, quando foram embarcadas 1.230 toneladas. Já a receita das exportações do segmento alcançou US$ 88,441 milhões ao longo de 2021, resultado 13,5% ao realizado no ano anterior, com US$ 77,904 milhões.

“O Brasil se consolidou como plataforma de exportação de genética de ponta, alta qualidade de produtos e status sanitário ímpar, livre de enfermidades que acometem outros grandes produtores, como Influenza Aviária.  O país conta com grandes empresas que vem expandindo fronteiras e contam com estratégia internacional pautada por iniciativas como a Brazilian Breeders, marca internacional do setor.  A expectativa é que o bom desempenho visto em 2021 se repita ao longo deste ano”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

ABPA promove curso sobre Uso Sustentável da Água

Leia Mais

ABPA prorroga prazo para submissão de trabalhos no Mérito de Pesquisa Aplicável

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox