Exportações de ovos mantém alta de 143,4% em 2021

24/06/2021

Receita das vendas de ovos cresce 150,3% no ano

As exportações de ovos (in natura e processados) totalizaram 5,108 mil toneladas exportadas entre janeiro e maio deste ano. O volume, segundo levantamento da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), é 143,4% superior ao realizado no mesmo período de 2020, quando foram embarcadas 2,099 mil toneladas.

Em receita, as vendas no ano chegaram a US$ 7,008 milhões, saldo 150,3% maior que o efetuado no mesmo período de 2020, com US$ 2,8 milhões.

Considerando apenas o mês de maio, foram exportadas 470 toneladas de ovos em 2021, número 42% superior ao quinto mês do ano passado, com 331 toneladas. No mesmo período, a receita das vendas chegou a US$ 797 mil este ano, número 50,1% superior ao registrado no quinto mês de 2020, com US$ 531 mil.

Os Emirados Árabes Unidos seguem como principal destino das exportações do setor. Entre janeiro e maio, os Emirados Árabes importaram 3,750 mil toneladas, número 335,5% superior às 861 toneladas importadas no mesmo período de 2020. Outros destaques foram o Japão, com a importação de 178,8 toneladas nos cinco primeiros meses deste ano (+57,8%); e o Uruguai, com 157,5 toneladas no mesmo período (+2%).

“As vendas internacionais de ovos seguem impulsionadas pela retomada dos níveis de consumo do mercado dos Emirados Árabes Unidos, gerando divisas em um momento importante para as empresas do segmento, frente à forte elevação dos custos de produção no mercado internacional, com a alta do milho e do farelo de soja”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

 

Análise do Presidente da ABPA, Ricardo Santin (para download),

Áudio: https://bit.ly/3xL9ByR

Vídeo:https://bit.ly/35KDR19

Exportadores promovem campanha num dos bairros mais movimentados de Tóquio

Leia Mais

Exportações de carne de frango sobem 16,2% em junho

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox