POSICIONAMENTO SETORIAL – PLANO SAFRA

23/06/2021

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) destaca que o novo Plano Safra construído sob a liderança da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, trouxe avanços importantes para o setor de proteína animal. Um deles foi o grande aporte de recursos para o PRONAF, com benefícios diretos também para os produtores do setor. Na mesma linha, a viabilização de recursos via Inovagro deve reforçar a modernização das estruturas de granjas em polos com produção longeva, melhorando os índices de produtividade e a competitividade.

Também chama a atenção o aumento do limite de crédito para produtores de milho e de sorgo, o que deve influenciar na oferta de insumos e reduzir os impactos do gargalo de custos de produção que hoje geram um quadro crítico para a avicultura e a suinocultura, com impacto direto na inflação dos alimentos. 

Ainda foi muito bem recebido pelo setor as linhas de crédito voltadas para a geração de energia renovável através de biogás e biometano, reforçando o compromisso do agro brasileiro com o ESG.

Por fim, também é importante destacar os recursos para investimentos em armazéns, outro ponto importante para a melhoria da gestão do abastecimento interno de insumos e redução do quadro especulativo. A ABPA foi uma das representações setoriais a reforçar a importância destes aportes, que devem gerar ganhos na logística de distribuição dos grãos no médio prazo.

Exportadores promovem campanha num dos bairros mais movimentados de Tóquio

Leia Mais

Exportações de carne de frango sobem 16,2% em junho

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox