ABPA busca novas oportunidades para avicultura e suinocultura no Panamá

29/03/2022

O diretor de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Luís Rua, e a analista de promoção comercial, Nayara Dalmolin, lideraram na última semana uma ação setorial com potenciais clientes e stakeholders no mercado do Panamá.

Realizada na Cidade do Panamá, a iniciativa teve a participação de Clóvis Serafini, da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Jônathas Silveira, do Departamento de Promoção do Agronegócio do Ministério das Relações Exteriores.  

A ação, realizada em parceria com a parceria da Embaixada local do Brasil, focou na construção de laços estratégicos entre os produtores de proteína animal do Brasil e o mercado panamenho. 

Na ocasião, os representantes da ABPA, juntamente com membros do Governo Brasileiro, discutiram oportunidades de cooperação e comércio entre as duas nações.  Entre as principais pautas, esteve a possibilidade de abertura do mercado panamenho para as exportações brasileiras de carne de aves e de suínos, além de material genético avícola. 

“Em um momento em que o quadro sanitário da avicultura internacional é severamente impactado por diversos focos de Influenza Aviária e Peste Suína Africana, o Brasil, que é o único grande exportador a não ter registros das enfermidades, se coloca à disposição do Panamá para contribuir com o fornecimento estável e confiável de proteína animal de alta qualidade”, avaliou Luís Rua, diretor de mercados da ABPA.

A programação contou ainda com outras reuniões com stakeholders locais, em meio à missão brasileira dos ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Panamá. 

Receita de exportações de ovos cresce 61,7% em 2022

Leia Mais

Receita de exportações de genética avícola cresce 22,7% em agosto

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox