ABPA: Sobre COVID-19 POSICIONAMENTO SETORIAL

17/03/2020

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que os setores de aves, ovos e suínos do Brasil estão empenhados na manutenção do fluxo de oferta de alimentos para a população brasileira, em meio à crise do Covid-19.
Para as empresas associadas, a saúde das equipes e a oferta de alimentos para a população são prioridades indiscutíveis.
Por este motivo, há duas semanas a ABPA já havia implantado comitês internos para a mitigação dos impactos desta crise no sistema produtivo. Dentre as medidas setoriais adotadas, as empresas intensificaram as orientações sanitárias em toda a sua estrutura. Visitas em unidades estão suspensas, salvo casos absolutamente necessários.
ABPA também tem apoiado o Ministério da Agricultura nos esforços para a manutenção na produção, assim como no fluxo regular de ração para os animais nas unidades produtoras.
Ao mesmo tempo, a associação solicitou aos governadores dos estados onde há produção que sejam mantidas as vias de escoamento e entrada de alimentos e insumos, em caso de implantação de restrição de trânsito de pessoas.
Com o quadro de desabastecimento observado em outras nações, a prioridade da avicultura e da suinocultura do país está na preservação da produção de alimentos básicos como carne de frango, carne suína e ovos, que são estratégicos para a segurança e o bem-estar da população do País.

Primeira ocorrência de PSA nas Américas acende alerta da suinocultura do Brasil

Leia Mais

Exportadores promovem campanha num dos bairros mais movimentados de Tóquio

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox