Exportações de ovos iniciam 2022 com alta de 42,6%

11/02/2022

Custos impactam preço internacional e receita das exportações cresce 52,3%

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que as exportações brasileiras de ovos (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram em janeiro 2,316 mil toneladas, volume que supera em 42,6% o total embarcado no mesmo período de 2021, com 1,624 mil toneladas.

As vendas internacionais do setor de ovos geraram em janeiro receita de US$ 3,089 milhões, número 52,3% superior ao registrado em 2021, com US$ 2,029 milhões.

Os Emirados Árabes Unidos seguem como principais destinos das exportações de ovos, com 1,937 mil toneladas importadas em janeiro, um crescimento de 70% em relação ao mesmo período de 2021.

“Os produtores de ovos estão enfrentando custos do milho e do farelo de soja em patamares históricos, assim como os produtores de carnes de aves e de suínos. O mercado internacional tem sido uma via utilizada para diminuir a pressão desses custos sobre a rentabilidade das empresas que contam com a opção de enviar produtos para o exterior. Exatamente por isto, é esperado que as vendas para o exterior sigam em alta ao longo de 2022”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

ABPA promove curso sobre Uso Sustentável da Água

Leia Mais

ABPA prorroga prazo para submissão de trabalhos no Mérito de Pesquisa Aplicável

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox