Novas habilitações de miúdos devem incrementar vendas para China, destaca a ABPA

04/11/2019

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, informa que o setor produtivo recebeu com otimismo a informação repassada hoje (04) pela Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, sobre a habilitação de sete unidades frigoríficas instaladas em Santa Catarina, para a exportação de miúdos de suínos.

Turra credita a conquista brasileira diretamente às missões realizadas pela Ministra, com destino à China.  A última ocorreu no fim de outubro, juntamente com o presidente da República, Jair Bolsonaro.  O diretor-executivo da ABPA, Ricardo Santin, participou da programação empresarial desta missão.

“Foram diversas e bem-sucedidas as investidas realizadas pela Ministra para ampliar a participação brasileira no mercado de proteína animal da China.  Há grande otimismo com estas novas habilitações, considerando que o segmento de miúdos poderá ampliar significativamente a receita dos embarques do setor produtivo para este mercado.  O Brasil consolidou sua posição em prol da segurança alimentar chinesa, que agora é ampliada”, analisa Turra.

Principal destino das importações de carne suína do Brasil, a China importou entre janeiro e setembro deste ano 156,6 mil toneladas (considerando todos os produtos), volume 34% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

No ano, o Brasil exportou 524,2 mil toneladas de carne suína entre janeiro e setembro de 2018.  Deste total, 50,2 mil toneladas são miúdos de suínos.

Exportadores promovem campanha num dos bairros mais movimentados de Tóquio

Leia Mais

Exportações de carne de frango sobem 16,2% em junho

Leia Mais

Conheça os projetos de apoio à exportação de proteínas brasileiras

Brazilian Pork Brazilian Chicken Brazilian Egg
WordPress Image Lightbox